Anjos da Esperança: Doação de Sangue - Doação de Órgãos e Tecidos - Doação de Sangue - Doação Medula Óssea

Depoimentos Voltar

Depoimento para novela Viver a Vida/Rede Globo

Beto é pai de três filhos e, em dezembro de 2007, seu filho Pietro, que acabara de prestar vestibular para cinema, começou a sentir tonturas e náuseas. A princípio, todos acharam que era estresse, já que Pietro tinha acabado de passar por uma maratona de estudos para o vestibular. Depois de vários exames veio o diagnóstico: Leucemia Mielóide Aguda e Pietro precisava de um transplante de medula. Começou então uma corrida contra o tempo e uma busca mundial por doador compatível. Pietro foi se debilitando e a equipe médica resolveu fazer o transplante através de dois cordões umbilicais que não eram totalmente compatíveis, mas era o melhor caminho a ser adotado. O organismo não reagiu bem e numa tentativa desesperada foi feito um novo transplante com as células da mãe de Pietro que tinham somente 60% de compatibilidade. Dessa vez, a aceitação foi boa, mas o rapaz já estava muito fraco, acabou contraindo uma pneumonia, que se complicou, e ele não resistiu. Hoje, no Brasil, existe a Lei Pietro, que institui a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea. Ela acontece em dezembro e Beto, apesar da dor de ter perdido o filho, é incansável na luta pela doação, para que outras pessoas que necessitam de transplante não venham a morrer por falta de doadores de medula.

Licença: Licença padrão do YouTube