Anjos da Esperança: Doação de Sangue - Doação de Órgãos e Tecidos - Doação de Sangue - Doação Medula Óssea

Notícias Voltar

25/03/2012

Morre pioneiro dos transplantes de medula

Júlio César Voltarelli, da USP, foi um dos primeiros a realizar o procedimento no Brasil

GABRIELA YAMADA
JULIANA COISSI
DE RIBEIRÃO PRETO

Um dos principais pesquisadores de células-tronco do país, o médico imunologista Júlio César Voltarelli, 63, morreu na tarde de ontem.

Ele estava internado no Hospital Santa Isabel, em Blumenau (SC). Segundo a assessoria de imprensa do Hemocentro, Voltarelli havia passado por um transplante de fígado e teve complicações no pós-operatório.

Professor titular da FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto), Voltarelli era também coordenador da Unidade de Transplante de Medula Óssea do HC (Hospital das Clínicas) da cidade.

Segundo a assessoria do Hemocentro, ele realizou, em 1992, o primeiro transplante de medula óssea no HC.

"Ele estimulou todos os centros a fazer isso, inclusive o nosso [do Einstein]. Ele é o autor do livro de transplante de medula óssea que todos nós seguimos no Brasil", afirmou Nelson Hamerschlak, coordenador da unidade de transplante de medula óssea do hospital Albert Einstein.

O coordenador da USP em Ribeirão, José Moacir Marin, lamentou a morte. "É uma perda irreparável", afirmou.

Nascido em São José do Rio Preto (SP), Voltarelli também era coordenador do HLA (Laboratório de Imunogenética), e pesquisador do Centro de Terapia Celular.

Fonte: Folha SP